Loading...

sábado, 16 de abril de 2011

Percebo cada dia mais...




Percebo a cada dia, cada vez mais que:

As pessoas olham, mas não exergam.
Quando enxergam não veem os detalhes...
Ouvem, mas não escutam com atenção...
Quando leem não retem a informação (isso "se" leem, por falta de tempo).
Quando leem, não refletem.
Quando ouvem ou leem, não questionam.
Não tem nada, mas perdem tudo!
Falam, mas não se comunicam.
Passam o dia, mas não vivem ele.
Se apegam, mas não amam!
Fazem sexo, mas não fazem amor.
Criticam, mas não ensinam.
Repreendem, mas não educam.
Dançam, mas não ouvem a música.
Comem e não se alimentam!
Experimentam e não sentem sabor.
Comem tão rápido sem prestar atenção na comida, que nem percebem que estão saciados!
Fazem faculdade mas não se formam!
Se formam mas não trabalham na área escolhida!
Não trabalham no que gostam.
E o que gostam não dá dinheiro! Não pagam bem!
Procuram, mas não sabem o que!
Querem, mas também não sabem o que!
Mas querem!
Querem tudo...de material!
As pessoas estão se relacionando mais (definitivamente mais!) em quantidade devido às redes sociais, às mídias sociais!
Mas quando foi a última vez que visitaram um amigo de verdade?
Que ligaram para um amigo de verdade?
Ou só tem amigos virtuais?
Não conhecem mais as pessoas da vizinhança!
"- Ei! Quem é esse estranho no elevador?" (é um vizinho que mora ali há 10 anos!)
Percebo hoje que constroem-se mais barreiras emocionais que pontes para amizade!
Estudam, mas não aprendem!
Viajam de final de semana, mas não descansam.
Não tem religião, mas vão à missa ainda.
Desconfiam, mas votam nos mesmos políticos.
Enfim, não vivem a vida, só passam por ela!
Ou a vida passa por vocês...escapa de vocês!
Pois é...
E reclamam veemente com Deus!
Cada um reclama com o seu Deus!
Por que as pessoas geralmente oram, rezam, jejuam, meditam, pedem, rogam para que os resultados sejam diferentes!
Mas acontece que se continuarmos a fazermos sempre as mesmas coisas, não mudaremos os resultados!
Como dizia Mahatma Ghandi, para começarmos a mudar o mundo, temos que começar a arrumar primeiro nosso jardim!
E também Ghandi dizia: "Não há caminho para a felicidade! A felicidade é o caminho!"
E uma escolha...
Talvez o maior ensinamento e o maior desafio é fazermos uma escolha!
Porém, escolher significa desapegar de algo.
Escolher, implica numa renúncia! Sempre!
E devemos assumir a escolha e aceitarmos o preço e o resultado (bom ou não) delas!
Taí uma coisa a considerar: psicólogos, psicanalistas, filósofos, místicos, etc, sinalizam a direção (e a necessidade) do auto conhecimento!
Ora, se cada vez mais fizermos essa viagem de auto conhecimento, o resultado é: nos conheceremos mais (aparentemente óbvio, nas não tanto!), nos reconheceremos mais, nos amarmos e nos perdoaremos mais.
Nos conhecendo também reforçaremos nossa auto estima, extirparemos a culpa e nossas escolhas serão dirigidas pelo nosso "Eu" interior e cada vez menos influenciadas pelo consciente e inconsciente coletivo.
Pelos condicionamentos!
Pelas atitudes que tomamos inconscientemente!
Seja influenciadas pela moda, pela moral vigente, pela religião dominante, por uma "maioria qualquer", pela família que pressionam que você seja igual a eles!

MAS SÓ QUE EU E VOCÊ NÃO SOMOS IGUAIS A NINGUÉM!
SOMOS ÚNICOS!
SÓ NÓS SABEMOS E SENTIMOS O QUE PASSA DENTRO DE NÓS MESMOS!


Auto conhecimento nos trará mais consciência, mais percepção!
O auto conhecimento pressupõe uma assunção de quem realmente somos!
E as escolhas que fazemos são a partir daí, cada vez mais, conectadas com nossa mente, nosso coração e com nosso espírito!
E paulatinamente deixaremos de ser robotizados, de fazermos as coisas mecanicamente; sentindo, vivendo, interagindo, tudo em função dessa interação toda com esse "Eu" interior!
"Ó homem, conhece-te a ti mesmo e conhecerás o Universo e os Deuses."
Essa mensagem foi escrita há muito tempo em um Templo consagrado ao deus Apolo, em Delfos, na Grécia.
É atribuída ao sábio filósofo Sócrates.
Revela uma grande verdade conhecida pelos mestres hermetistas.
A verdade de que somos uma expressão individualizada e limitada do Universal, encerrando em nosso íntimo uma parcela da natureza de Deus.
Como um microcosmo, refletimos em proporção limitada aos nossos pensamentos e sentimentos, o poder criador de Deus.
Esse é o princípio em que se baseia a maioria dos pesquisadores dos segredos da alma humana.
Podemos traduzir essa mensagem com uma linguagem mais atual nos seguintes termos:
"Conhece-te a ti mesmo e conhecerás os segredos do universo e a maneira de agir de Deus."
Quem alcançar um determinado grau de evolução espiritual, correspondente ao domínio e conhecimento de si mesmo entenderá o sentido profundo e maravilhoso destas palavras.
Buscai e encontrareis.
Busque dentro de si, aí está seu maior tesouro!


Mauricio Franchi


3 comentários:

  1. Franchi. Li esse texto e percebi o quanto você cultiva a busca do verdadeiro EU e como isso é difícil. No texto você menciona muitas situações reais e acrescentando algumas citações maravilhosas, faz com que quem leia reflita um pouco sobre a própria vida... até me senti numa aula do grau Manu da Eubiose, principalmente quando você diz que as pessoas olham mas não enxergam. Ouvi isso do Professor Mário Paciente numa aula sobre dimensões... nossa, voltei aos meus 16 anos! Enfim... parabéns pela mensagem. Beijos Sam

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela mensagem é muito linda, as vezes sentimos isso mas não sabemos colocar escolher as palavras certas, e você colocou com muita propriedade.Emilia.

    ResponderExcluir
  3. estava muito triste com algo que esta acontecendo em minha vida e sem querer fui procurar mensagens de conforto na net e acabei achando esse site e vi que nem sempre tudo é do jeito que agente quer, pois as pessoas são diferentes. e tem varis frases bem verdadeiras uma delas é => só nos sabemos o que se passa dentro de nós mesmos!
    parabéns ! Sineide

    ResponderExcluir