Loading...

domingo, 20 de novembro de 2011

O Beijo

Um beijo (do latim basium) é o toque dos lábios com qualquer coisa, normalmente uma pessoa, e normalmente com carinho.


Considerado sempre como um gesto de afeição.
Entre amigos, é comum ser utilizado como cumprimento ou despedida.


O beijo nos lábios de outra pessoa é um símbolo de afeição romântica ou de desejo sexual - neste último caso, o beijo pode ser também noutras partes do corpo, ou ainda o chamado beijo de língua, em que as pessoas que se beijam mantêm a boca aberta enquanto trocam carícias com as línguas.


Os mais antigos relatos sobre o beijo remontam a 2500 a.C., nas paredes dos templos de Khajuraho, na Índia.















Diz-se que na Suméria, antiga Mesopotâmia, as pessoas costumavam enviar beijos aos Deuses.
Na Antiguidade também era comum, para gregos e romanos, o beijo entre guerreiros no retorno dos combates.
Era uma espécie de prova de reconhecimento.
Aliás, os gregos adoravam beijar.
Mas foram os romanos que difundiram a prática.
Os Imperadores permitiam que os nobres mais influentes beijassem seus lábios, e os menos importantes as mãos.
Os súditos podiam beijar apenas os pés.


Eles tinham três tipos de beijos: o basium, entre conhecidos; o osculum, entre amigos; e o suavium, ou beijo dos amantes.
Na Escócia, era costume o padre beijar os lábios da noiva ao final da cerimônia. Acreditava-se que a felicidade conjugal dependia dessa benção.
Já na festa, a noiva deveria beijar todos os homens na boca, em troca de dinheiro. (como é que é? Hahaha)


Na Rússia, uma das mais altas formas de reconhecimento oficial era o beijo do Czar.
No século XV, os nobres franceses podiam beijar qualquer mulher (danados metidos!)
Na Itália, entretanto, se um homem beijasse uma donzela em público, era obrigado a casar imediatamente. (putz, que perigo!!!)

No latim, beijo significa toque dos lábios.


Na cultura ocidental, ele é considerado gesto de afeição e carinho.
Entre amigos, é utilizado como cumprimento ou despedida, entre amantes e apaixonados, como prova da paixão, desejo e amor!




"Um beijo é um segredo que se diz na boca e não no ouvido."
- Jean Rostand -



"Um beijo pode não ser uma coisa higiênica, mas que é a maneira mais saborosa de apanhar um germe, isso é."
- Duff -



"Trocaria a memória de todos os beijos que me deste por um único beijo teu. E trocaria até esse beijo pela suspeita de uma saudade tua, de um único beijo que te dei."
- Miguel Esteves Cardoso -





"A única linguagem verdadeira no mundo é o beijo."
- Alfred de Musset -





"Te amo, beijo em tua boca a alegria."
- Pablo Neruda -




"O Beijo é um delicioso truque que a natureza criou para interromper a fala quando as palavras tornam-se supérfulas..."
- Rafael -



"Amar a nossa falta mesma de amor, e na secura nossa
amar a água implícita, e o beijo tácito, e a sede infinita"
- Carlos Drummond de Andrade -




"Beijo é um carimbo que serve para mostrar que a gente gosta daquilo."
- Adriana Falcão -


"Te levarei ao inferno
para te dar um beijo ardente
E meus braços queimarão
Ao agarrarem teu corpo em brasa
Quero te ter louca, cálida,densa, inconsequente
Pra viver contigo um romance tórrido eternamente
E exorcisar de mim este sentimento que me abrasa
Te levarei ao inferno
Pra que tu sejas meu paraiso
Te levarei ao inferno para te dar um beijo ardente"
- Augusto Branco -



O beijo também um sinal de reverência"
Ao se beijar, por exemplo, o anel do Papa ou de membros da alta hierarquia da Igreja.

O próprio Papa beija o Santo Sepulcro em alto sinal de amor, louvor e fervor!


No Brasil, D. João VI introduziu a cerimônia do beija-mão: em determinados dias o acesso ao Paço Imperial era liberado a todos que desejassem apresentar alguma reivindicação ao monarca.
Em sinal de respeito, tanto os nobres, como as pessoas mais simples, até mesmo os escravos, beijavam-lhe a mão direita antes de fazer seu pedido.
Esse hábito foi mantido por D. Pedro I e por D. Pedro II.


Se perguntar no meio de uma conversa a desavisados, o que de mais íntimo ocorre entre um homem e uma mulher, ousaria dizer que 95% diriam ser a relação sexual e os outros 5% não responderiam.
Mas eu discordo totalmente.
Discorda de mim?
Para mim a coisa mais íntima, mais profunda que ocorre entre um homem e uma mulher não é exatamente o sexo, mas o beijo.
O beijo na boca!



"O beijo fulmina-nos como o relâmpago, o amor passa como um temporal, depois a vida, novamente, acalma-se como o céu, e tudo volta a ser como dantes. Quem se lembra de uma nuvem?"
- Guy Maupassant-



Um fato que comprova essa tese minha é que uma garota de programa vende seu serviço sexual, mas não beija na boca o seu cliente, não é?
Há até a célebre frase: “quem beija, apaixona!”, tamanha a magia dessa situação!


O beijo é um portal!
É um vórtice de energia que te leva a patamares inatingíveis por outros meios!
O beijo é revelador!
Você beija uma pessoa pela primeira vez e pronto: Paraíso ou Inferno!


Através do beijo sentimos toda uma conexão de alma, se houve química entre os dois.
Se houve liga. Ou não!
Beijamos uma pessoa e todo um Universo de emoções se abre: é o abraço, o toque de dois corpos envolvidos, são os lábios ávidos, a respiração, os corações acelerados, carinhos acessórios e paralelos de mãos irrequietas, e nossa mente flutua, voa e estamos prestes a entrar naquele extase!
Nosso corpo todo se prepara e se remexe!
A respiração acelera!
Tudo provocado pelo beijo!
Um gosto de quero mais!
Impossível parar!
Sabemos disso!


A menos que uma força maior nos impeça... uma força exterior e mais forte que nós!
Mas a conexão está feita!
Nossos corpos, nossa alma se comunicou!
Eles se querem!
Querem fazer amor avidamente, querem aquela fusão, aquela explosão, aquele extase, aquele momento que parece que o espaço-tempo parou, e na da verdade nem ele e nem mais nada importa, só a sensação profunda destes dois corpos unidos.
Que agora se conectaram!
Através de um beijo!


Já está instalada na nosssa memória celular esse desejo!
Nossos corpos já sabem que se querem, que se desejam!
É algo quase que instintivo, quase que animal!
Durante a conversa, o flerte, olhos nos olhos, o que o casal mais anseia é o beijo!
Sonham, com os lábios do outro!
Com as sensações que podem advir daquele toque, com as sensações que irão desfrutar através do beijo!

Ah...o beijo! Aquele beijo!
Um beijo de leve, tímido...bem suave...as mãos tremendo...a respiração quase que ofegante (na verdade quase que esquecemos de respirar)...o primeiro beijo é um acontecimento dos mais importantes...ele vai determinar tudo!
E tem mais: podemos também analisar a saúde desse relacionamento, pelo beijo!
O beijo não transmite só amor!
Transmite desejo, paixão, vontade de estar junto, um monte de emoções e sentimentos embutidos num ato só.



E um casal precisa de paixão!
Paixão é como a fornalha da locomotiva, ele acelera a máquina!
O beijo traz essa química, faz essa mágica!


É a promessa de uma linda e mágica viagem, fazendo com que nos entreguemos totalmente àquela situação, àquele encontro, àquela fusão de corpos e alma!
Beijo profano, beijo sagrado, beijo de leve ou beijo apaixonado, não importa!
Fato é que o beijo é um dos carinhos mais significativos da relação humana.
Nossa pele, o maior órgão tátil e sensitivo do corpo humano que o diga!
Sim, pois beijo não é somente prazeiroso nos lábios.
Um beijo terno no rosto, na testa, na pontinha do nariz, nas costas das mãos... aonde o beijo tocar, haverá um significado, uma emoção envolvida, um dar e receber.
Onde o beijo toca, marca!

Denominaram até um lindo passarinho de Beija-flor, tamanha a beleza e mágica do beijo, eternizada na ave. Ali vemos o suave e toque meigo que traz também a polinização (relacionada à fertilidade e reprodução). Pura poesia!



A magia em torno do beijo influiu até nos contos, no cinema, etc.
Desde o beijo para despertar e cortar um feitiço de sono profundo, até aquele beijo ao final do filme, que sela a história com um final lindo e romântico, jogando a mensagem subliminar de que após o beijo, serão felizes para sempre!



Particularmente, vejo, sinto e acredito ser o beijo algo extremamente importante na nossa vida!
Então seja feliz e beije quem você ama!
Então beije quem você ama, e seja feliz!
...
Encerro aqui minha viagem deixando um beijo carinhoso e fraterno a você que chegou até aqui, finalizando com uma construção poética de minha autoria:


“Ah o beijo...
Cantado em verso e prosa,
Pelos poetas, os apaixonados
E pelos bardos cantantes.




Que inspira pintores e cronistas
Escultores e musicistas,
E também todo tipo de amante!



Se o coração e a rosa
São símbolos universais
De carinho e amor,
O beijo talvez seja
O de significado
Com maior fervor!”



- Mauricio Franchi -