Loading...

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Já se sentiu abandonado? (Dedicado a quem se abandonou um dia)


Quem nunca se sentiu só ou abandonado?
Seja por um amigo, amante ou namorado?
Colegas de trabalho, de um grupo, onde for... podemos nos sentir excluídos, solitários e fora do contexto.


Mas descobri (a duras penas, como qualquer experiência na vida!) que o verdadeiro culpado disso somos NÓS mesmos que nos abandonamos!
E tudo isso por carência, insegurança, baixa auto-estima, medo, quaisquer que sejam os diversos motivos, mas fato é que somos responsáveis pelo que nos acontece!
Ao tomarmos essa consciência, ao começarmos a aprender a dizer "NÃO", começamos a fazer uma seleção natural das pessoas que vão ficar ao nosso lado.
Não me estranha que ao tomar essa atitude, percebamos que o número de pessoas cai vertiginosamente, porém os que ficam ao nosso lado, são os que tem a qualidade necessária e mérito para estar conosco, sejam como colegas, amigos, ou até para um relacionamento mais profundo!
Fato é que assim, aprendemos a dar valor a quem merece!
Fazendo valer aquela frase: "Não trate como prioridade quem te trata como opção!"
Dentro desse sentimento, me inspirei a escrever aqui, pensando não só nas pessoas que passaram na minha vida, mas também por observar o que acontece com as pessoas em geral.
Não é inspirada em alguém ou numa só pessoa!
É algo dedicado a todos nós!
Inspirada em todos nós!
Que em algum momento da nossa vida nos abandonamos!
Desejo portanto, que não precisemos exatamente de sofrimentos e decepções para acordarmos, para criarmos consciência e maturidade para nos relacionarmos com as pessoas!
E se passamos por momentos ruins, que isso nos sirva de lição e aprendizado!
Que aprendamos que o primeiro e mais importante amor que precisamos, não está ao nosso lado, mas em "NÓS" mesmos!
Então, que nos amemos...só assim, não nos sentiremos abandonados!
Que esta reflexão te toque e te faça refletir...que VOCÊ é a maior prioridade na sua vida!
E que VOCÊ merece tudo de bom de você!
E se alguém quiser compartilhar, que assim seja!
Como inspiração ainda deixo aqui também uma oração de Frederick S. Perls (psicanalista que desenvolveu uma abordagem da psicologia chamada Gestalt-terapia), chamada: "Oração da Gestalt":

"Eu faço minhas coisas, e você faz as suas.
Eu não estou neste mundo para viver as suas expectativas.
E você não está neste mundo para viver as minhas.
Você é você, e eu sou eu,
E, se por acaso, nós nos encontrarmos, será ótimo.
Se não, nada se pode fazer."



Espero que eu toque seu coração e sua mente de alguma forma, te encorajando a pensar que não vale a pena sermos bons com os outros em detrimento de nós mesmos.
Ser bom para todo mundo e nós sofrermos, não é justo!
Jesus, o Cristo, nos deixou uma excelente frase: "Amar ao próximo, COMO A SI MESMO!"
Então que nos amemos primeiramente, para podermos amar aos outros!

Mauricio Franchi



11 comentários:

  1. Adorei, justamente hoje precisava ler o que você escreveu, me fez refletir, obrigada por suas palavras que neste momento são valorizadas pela emoção, beijos.

    ResponderExcluir
  2. Mauricio, o texto é MARAVILHOSO, fiquei muito, muito emocionada, pois toca na nossa alma, obrigada amigo por você conseguir em palavras expressar o que se passa no nosso interior e que nem sempre sabemos espressar e entender.Beijos. Emilia Rita

    ResponderExcluir
  3. maravilhoso. de muito valor..parabéns pelo dom de ajudar e compartilhar com todos seu crescimento..beijos

    ResponderExcluir
  4. MAURÍIIIIIIIIIIIIIIIIICIO! D+!! Q INSPIRAÇÃO OU Q VIVÊNCIA Q DEIXOU TANTAS MARCAS...ADOREI! VOU ROUBAR PARTE E UMAS FOTINHUS PRA DIVULGAR ISSO NO MEU FACE.
    OBRIGADA QUERIDO POR PARTILHAR ALGO TÃO SINGELO DO SEU CORAÇÃO PARA O NOSSO!
    VOU DIZER-TE UMA COISA: UM AMOR Q "TRAIU" A NOSSA CONFIANÇA, QUE FOI DISSIMULADO, QUE NÃO FOI DIVIDIDO EM IGUALDADE, DEIXA MARCAS E ISSO DÓI! NADA APAGARÁ ISSO! FICARÁ SEMPRE, MESMO QUE SEJA EM FORMA DE UMA PEQUENA CICATRIZ... MAS, COMO DIZEM: VC NÃO ME ENGANOU... FUI EU QUE ME ENGANEI A SEU RESPEITO... BJÃO!

    ResponderExcluir
  5. Franchi, seu texto é de uma maturidade magnífica... você sabe colocar as palavras certas para expressar sentimentos, com lucidez (não razão) e isso é notável. Parabéns pelo texto, me fez viajar no tempo e acordar numa realidade boa, de quem viu o tempo passar e sente o peito aliviado... pelos perdões que aprendi a dar, pelas mágoas que consegui apagar...não sei explicar, de qq forma, adorei! beijos, Sam

    ResponderExcluir
  6. realmente é tocante, experiencia impar, profundo, é isto que nós precisamos, nós amar para amar alguém que realmente mereça amor,companheirismo,dedicação, enfim FRANCHI parabens pela linda e expressiva poesia, um abraço. PEREZ.

    ResponderExcluir
  7. Sensacional. Vc hj conseguiu tocar muitas pessoas. Que este texto seja realmente reflexão DE VÁRIOS dias e que não seja apenas por hoje. Pois também nos abandonamos de diversas formas...e cabe com ajuda de seu texto, na reflexão, tomar consciência do que deixamos pra trás e que poderemos precisar para formar essa consciência madura que não dependemos de externalizações. abs Selma

    ResponderExcluir
  8. Mauricio, o que você escreveu é muito lindo.Abraço

    ResponderExcluir
  9. Adorei o que você escreveu. Abraços

    ResponderExcluir
  10. Mau, muito bonito.

    Cris ^_^

    ResponderExcluir
  11. Carla Birolli Cardoso18 de dezembro de 2011 11:45

    Franchi,
    Só hoje sentei para ler esse texto... Queria dar a atenção que ele merece e que você merece... Já posso perceber o carinho com que escreve e que a sua pretensão aqui é das melhores possíveis, dar a quem está lendo, uma boa palavra, uma direção, um esclarecimento, um carinho mesmo, então, eu teria que ler com todo carinho também...
    Olha Franchi, eu amei o Poema, muito tocante, muito sensível e esclarecedor, sim, porque o mais importante com certeza é nunca nos abandonarmos, que isso fique bem claro, e que as suas palavras entoem pelos ares e cheguem em todos os corações humanos!!!
    Beijo Amigo!!!

    ResponderExcluir