Loading...

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Mensagem de final de ano! (para toda a vida!)


Pois é...mais um final de ano!

A energia das chamadas "Festas de Fim de Ano" no inconsciente coletivo é muito forte, temos que convir.




Ela nos abraça, pois no serviço, na escola, na família, etc...muitos estão sintonizados com essa energia.
Então, nos vemos dentro desse clima! Dessa excitação! 
É mais uma época de festas!
 Muita Festa! 
Natal. Ano novo. Confraternização!




Esperança. Alegria. Renovação!

Uma série de pensamentos bons nos invade.


Uma série de emoções também!




Planos para o novo ano (um novo amor, uma nova casa, novos móveis, novo carro, novo emprego, nova faculdade, etc, enfim... nova vida!).


Todos nós temos estes tipos de pensamentos e aspirações!





Ah...Tem aquele regime que vamos iniciar dia 1º de janeiro sem falta! Aliás, dia 2 né? 
Pra falar a verdade, dia 3, pois ainda sobrou muita comida do Réveillon!

E tradicionalmente (assim como às vésperas do nosso aniversário) nós nos recolhemos (mesmo que por poucos minutos... segundos que sejam!) e fazemos nossa reflexão acerca do ano que se encerra, o que aconteceu de bom, o que aconteceu de ruim, o que podemos mudar, o que não deu para mudar, o que não queremos mudar, o que gostaríamos que mudasse, o que necessitamos urgente que mude.




Muitas vezes chegamos até a temer certas mudanças...




E mudamos até o pensamento, voltando para aquele espírito de renovação e alegria!




Ah! Nesse Novo Ano pretendemos dar mais atenção e ver mais vezes alguns amigos que esse ano que se encerrou não vimos muito!

Pensando bem, nem nos falamos direito...nem pelo telefone!



Aliás, quando que foi a última vez que nos vimos? 

Que nos falamos?
Será que foi pela internet? Mensagem no Facebook? "Zap Zap?

Aliás, esse ano que passou, deixamos de ver muita gente que importa para a nós...


No próximo ano, pretendemos administrar melhor o nosso tempo (ou melhor, a nossa falta de tempo!).

Aliás, pretendemos nunca mais falar que não tivemos tempo...tempo para dar um telefonema, para dar um alô, para fazer uma visita, para fazer um favor, etc.!



Nunca mais reclamaremos de falta de tempo...para a gente!


Aliás, não pretendemos dizer para alguém que estamos com saudades...simplesmente iremos lá vê-la!




Aliás, no próximo ano, daremos mais tempo para a gente também!


E valorizaremos mais e mais as coisas importantes e prioritárias para nós!


Ano que vem junto com aquele regime que vamos começar, vamos ter tempo para freqüentar a academia, e ir a um parque no final de semana, para andarmos de bicicleta!








E viajar...ah sim! Vamos viajar!






                      E vamos naquela festa!




Naquela formatura!




                                  Naquele baile!


Naquele churrasco!



                                      Naquele jogo!




Naquele restaurante!




                             Naquele shopping!


Ah...não queremos mais perder de assistir no cinema aquele filme tão esperado.



Ano que vem irá sair o Cd novo daquela banda ( claro que iremos correndo comprar!). E aquele DVD!




Iremos a mais shows!







Ano que vem (definitivamente!) será diferente!








Ah...iremos assistir mais peças de teatro!





Leremos mais livros! Puxa!! Há tantos que quero (e preciso!) ler!




Presentearemos pessoas com flores! Aliás, os vivos, mais que os mortos apreciam flores!







Ano que vem, faremos algumas loucuras...loucuras sadias!


Arriscaremos mais...


Aliás, ano que vem levaremos menos a sério a vida! Afinal a gente não sai vivo desta mesmo!


Ano que vem, pretendemos ser menos sérios e rirmos mais. Muito mais!




Não seguraremos mais uma lágrima...quer seja de emoção, de amor, de tristeza!


Aliás, nossas emoções verdadeiras cada vez mais pretendemos expressar...a todos!








Pretendemos ser mais sinceros...conosco mesmo!


Falando não, quando não queremos e falando sim quando queremos!


Aliás, ano que vem iremos parar de querer agradar todo mundo...afinal isso é impossível!


Nem o Mestre Jesus Cristo agradou todos...porque nós?




Aliás, ano que vem, nos importaremos menos com o que os outros acham da gente!


Nos estressaremos menos, pois teremos menos ansiedade! Teremos menos expectativa em relação às coisas...assim não nos decepcionaremos!


Aliás, ano que vem, deixaremos mais a vida sentir o seu curso natural, sem colocarmos obstáculos!


Afinal, iremos confiar mais na vida!


Teremos mais fé no Processo Cósmico!


No ano que vem, pretendemos nos desenvolver mais emocionalmente, fisicamente e espiritualmente!


Aliás, sentimos que espiritualmente precisamos nos cuidar melhor!







Ano que vem, pretendemos sentir mais a brisa nossa pele! De preferência a brisa marinha!




                                   Ou a do campo!







Ah...e o sol? Sim! Daremos mais atenção a esse amigo, deixando para lá aquele bronzeado de escritório! Preso tem direito a banho de sol...porque não nós?




Ouviremos muito mais música...afinal isso nos faz tão feliz!




Aliás...faremos muito mais coisas que nos deixam feliz! E muito, mas muito menos o que nos entristecem!


Ano que vem, estaremos mais abertos a novas e surpreendentes amizades!


Para que possamos conhecer novas pessoas!




Aliás, ano que vem, deixaremos de ver pessoas que não nos nutrem bons sentimentos!


Ano que vem pretendemos perdoar mais! Muito mais!


Principalmente nós mesmos!




Pois pretendemos fazer tudo de coração e alma, pretendemos sempre, o tempo todo fazermos o nosso melhor!


E mais...termos consciência de que estamos fazendo o nosso melhor!


Assim, se algo eventualmente não der certo, saberemos sempre que fizemos o nosso melhor! E nos perdoaremos, nos confortaremos, não perderemos o humor.


O ano que vem, escolheremos ser feliz!


Aliás, a felicidade é uma escolha nossa!




Pois em qualquer situação que nos encontremos, podemos escolher tirarmos o melhor para nós, o melhor entendimento!


Aliás, ano que vem, iremos amadurecer mais e mais! 

Quer seja no campo profissional, social e pessoal! 
Psicológico também!

Ano que vem será definitivamente o melhor ano de nossas vidas!


Depende de nós!


...


Pois é...mais um ano que acaba!




Tantas emoções, tanta esperança...afinal, é o espírito de Natal (de renascimento!) que nos invade! 

São as comemorações ( tradicionais!) de Final de Ano!

Sou tomado, portanto, por aquela necessidade de deixar uma mensagem de final de ano aos meus amigos mais íntimos, aos amigos não tão íntimos, aos colegas, àquelas pessoas que conheço...quem me adicionou em sua vida de alguma forma (mesmo que seja somente da forma virtual... mas me adicionou!).


Meu coração me compeliu a isso!


Minha mensagem é para você que de alguma forma faz parte da minha vida, independente da profundidade do nosso relacionamento, da nossa amizade, do quanto nos conhecemos, do quanto somos íntimos, do quanto temos afinidades e gostos comuns...aliás, eu queria sair entregando essa mensagem a todos que eu encontrar na rua...


Sou tomado por uma vontade imensa de agradecer a todos por tudo, e por nada!




Apesar dessa vontade de expressão, minha vontade hoje não é nada tradicional.


Não estou aqui lhe desejando que Deus te dê paz, alegria e prosperidade!


De jeito nenhum!


Aliás, eu desejo que no ano novo você esperem o menos possível de Deus!


Calma!


Eu não pirei! Não fiquei louco!


Deixe-me explicar:





                            Eu lhe desejo sim, paz!






Eu lhe desejo sim, prosperidade!





Eu lhe desejo sim, felicidade!




Eu lhe desejo saúde! (física, mental e emocional)





Eu lhe desejo Luz, Vida e Amor!






Mas desejo sinceramente que VOCÊ conquiste tudo isso e não fique esperando!

Perceba o que você é capaz de fazer...e FAÇA!!!

Afinal, o pior sentimento é aquele de ficarmos na dúvida se deveríamos ter feito algo ou não!


O pior ressentimento ou arrependimento, é o de não termos feito algo que tínhamos vontade!


Tudo isso (acredite!) depende de VOCÊ!


E eu desejo do fundo do seu coração que assim como eu, você reveja suas prioridades!


E desejo que escolha ser feliz!


Eu escolhi ser feliz!


Tão feliz que estou dividindo com você esta mensagem de amor, paz, carinho, gratidão e felicidade!.


Não para esse final de ano!


Não para o ano que vem!


Mas esta mensagem é para sua vida inteira!


Como já lhe falei antes, a vida é feita de escolhas!


E as escolhas implicam em ganhos e benefícios!


Você poderia ter escolhido não chegar até aqui hoje!


Poderiam ter escolhido não prestar atenção à minha mensagem!


Podem ter escolhido não entender nada do que eu disse!


Vocês podem ter escolhido não gostar da minha mensagem!


Ok! Tudo bem!


Pois eu escolhi ser feliz escrevendo isso tudo!


Escolhi ter deixado meu coração e minha alma solta, para eu ter a inspiração necessária para escrever tudo isso!


E isso me fez muito, mas muito feliz!


Se você me acompanhoum até aqui e gostou, melhor ainda!


Se não curtiu, tudo bem!


Sou feliz do mesmo jeito!


Pois eu fiz o meu melhor!


Isso me traz paz, felicidade e segurança!


Feliz Ano Novo!


Feliz Nova Vida!


Paz Profunda!


Shalom!


Salam Aleikum!


Namastê!



Mauricio " Veeresh Das" Franchi

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Egoísta versus subjugado!



Na maioria das vezes quando uma pessoa te chama de egoísta, te "acusa" de ser egoísta, na verdade ela mesmo o é!
Sim, pois ela procedendo assim, ela quer te provocar culpa!
Então faz chantagem emocional para te dominar!
Para te subjugar!
Para que você (e somente você!) possa atender todos os anseios, necessidades e expectativas dela! Somente as dela!

Você não tem vez!


Não pode ter direito a opinião, desejos e nem anseios!
Somente os valores, desejos e necessidades daquela pessoa que te chama de egoísta valem! (na cabeça dela, é lógico!).
Aí você fala NÃO! Simplesmente!
Faz valer sua decisão, sua opinião ou sua vontade.
Aí a pessoa usa este artifício de manipulação!
Sim, tentando te dominar!
Infelizmente muitas vezes nossa necessidade cultural "cristã" de sermos bons custe o que custar mesmo que seja para nos anular e sermos infelizes nos toma!
E ai você cede à chantagem! À manipulação! Mesmo contra sua vontade! 
Você acaba cedendo!
Até para não provocar conflito! Fugir do embate! 
Porque se não cede, ela te chama de egoísta!
Tentando te seduzir, te dobrar, convencer a fazer o que ela quer!
Ela vence!
Você perde!


Veja, não há problemas em vez por outra ceder!
Se não, você igualmente pode ser um egoísta que está travando uma briga pelo poder! Uma briga de egos!
Num relacionamento, em nome da busca do equilíbrio e da harmonia, por vezes cedemos!
Mas isso deve ser de ambas partes! Uma troca sadia!
Do contrário, realmente alguém está sendo egoísta!
E o outro subjugado! Subserviente! Dominado!
Porque o egoísta é altamente manipulador! Tende a ser dominante!
Nem que esse domínio seja à força!
O egoísta usará todos os ardis possíveis para te convencer (ou obrigar) a fazer o que ela deseja! Ou o que ela acha ser o certo!
E você vai dar a ela o poder de suas decisões!
...
Ou não!
Está na sua mão!
Lembrando que toda relação humana tem a tendência de serem "a priori" uma relação de dupla mão e interdependentes!
Portanto, faz sentido vez por outra um dos lados ceder!
Mas sempre ceder não é natural!
É desgastante e castrador!
Mas a culpa é do outro?? Somente?
Será?
Se existe esperto, é porque existe o trouxa!
Se existe egoísta, existe aquele que sempre cede!
Só existe manipulador, porque existe quem é manipulável!
Simples assim!
Muito simples abdicar da sua  força, se considerar vítima e acusar o outro de manipulador!
Porque sendo vítima, você não assume responsabilidade por ter se deixado se dominar!
Acusa o outro!
O outro que te domina!
Mas só porque você deixa!
A luta pelo poder continua, mas só um lado sai vencedor dessa contenda!
Consegue perceber que na verdade muitos conflitos, desgastes entre as pessoas, mais que o gosto, opinião, etc, são brigas pelo poder! Pelo domínio do ego?
Mas você pode interromper esse círculo vicioso!
Dizendo não!
Fazendo valer sua opinião!
Sim, você pode (e deve!) dizer não sem se sentir culpado ou culpada!
Sem dar explicações, justificativas!
Não quero! Ponto!
Dessa vez não! Simples assim!
Diga não, para valorizar o seu "sim"!
Porque se sempre diz sim, sempre aceita... é verdadeira essa aceitação? É honesta?
Ou está contrariando sua essência?
É muito importante que você aprenda a dizer sim, quando sente sim!
E dizer não, quando sente o não!


Claro, óbvio que isso deve ser feito através de uma conversa amena, serena e honesta!
Na busca desse equilíbrio!
Para que ambas partes possam vez por outra ceder!
Uma troca!
Pois aí você se coloca numa posição que se resolver ceder, é por você mesmo! Pela sua vontade livre de ceder!
E não por "obrigação! Ou por manipulação!
Por chantagem.
Assim você valoriza o seu ser!
E para você valorizar seu ser, sua essência, não precisa desvalorizar o outro!
Rebaixar o outro!
Não deve fazer algo, ou ceder por culpa!
Isso é obrigação!
E fazer algo obrigado, não deixa de ser de alguma forma uma violência!
Há a necessidade de uma comunicação entre as partes para promover esse equilíbrio na relação!
Do contrário, essa relação está fadada a se desgastar...até o rompimento, cedo ou tarde!
Veja, que o egoísta tem a tendência de ficar só!
Esgotará a maioria das pessoas com sua intolerância, com suas críticas, com sua manipulação e cansará as pessoas!
As esgotará!
E acabará ficando sozinha!
Porque infelizmente muitas pessoas pecam na comunicação, não expondo seus lados!
Vão cedendo, cedendo, até estourarem!
E nesse ponto a relação fica insuportável, não conseguindo mais voltar a um patamar de equilíbrio!
Mas por "culpa" dos dois!
De quem cedeu, não falou não, não fez sua vontade aparecer...e não só de quem domina!
Ambos são culpados!
Nunca numa relação desgastada existe somente um culpado, como sempre se tenta demonstrar!
Como naquele ditado: "se sempre ouvir a versão do Chapeuzinho Vermelho, o Lobo sempre será Mau!"
Tome posse de si!
Faça valer sua vontade e sua necessidade!
Ao contrário, você será alvo dessa manipulação egoísta!
Que te provoca culpa e te castra!
A chave para isso ocorrer pode estar na chamada "Comunicação Não Violenta"!


A Comunicação Não Violenta (CNV) é um processo de pesquisa desenvolvido por Marshall Rosemberg e uma equipe internacional de colegas que apoia o estabelecimento de relações de parceria e cooperação, em que predomina a comunicação eficaz e com empatia.
Enfatiza a importância de se determinar ações à base de valores comuns!
Sugiro a busca mais detalhada pelo assunto!
Fica aqui a indicação da leitura, do livro da CNV, para que possa a comunicação possa enriquecer todas as relações humanas.
Aqueles que se apoiam na CNV consideram que todas as ações estão originadas numa tentativa de satisfazer as necessidades humanas, mas tentando o fazer evitando o uso do medo, vergonha, acusação, da ideia de falha, de certo e errado, da coerção, ameaças, chantagens, etc...
O ideal da CNV é conseguir que nossas necessidades, desejos, anseios e esperanças não sejam satisfeitos às custas da opressão a outra pessoa! Da coerção!
A ênfase é tomar posse de si, para expressar serena e honestamente os sentimentos e necessidades em vez de críticas, julgamento de valor ou qualquer outro meio de manipulação!
A CNV é mais que uma matéria de estudo!
Realmente é uma ferramenta eficaz para tonar os relacionamentos equilibrados!
Fica a dica da matéria, e do livro!
Para que as pessoas se expressem!
E para que mais que tudo, não haja opressor, dominador na relação, e muito menos a figura do oprimido!
Para que os egos deixem de ser o centro do "Universo" e a única direção no relacionamento!
E que suas relações sejam equilibradas e harmônicas!
Tomando posse de si!
Não dominando!
E não sendo dominado!
Que assim seja!


- Mauricio "Veeresh Das" Franchi