Loading...

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Gratidão

Um "mestre", um "amigo", um "professor" me perguntou de forma analítica (e terapêutica): 
"- Quais os motivos para sermos gratos, agora?"
Aí parei! 
Precisei parar!
Imediatamente fui tocado com essa pergunta!
Sentei!
E refleti!
Pelo que sou grato agora? 


Ali sentado, após um longo silêncio e introspecção, comecei a ordenar meus pensamentos!
A identificar em mim como funcionava aquele sentimento de gratidão!
O que era gratidão para mim!     
E a ligação da gratidão com um sentimento de felicidade!
A aí, como que se abrisse uma tela mental e imaginária na minha frente, comecei literalmente a "ver" pelo que era grato em minha vida hoje!
E mais, sentir essa experiência "gratidão". 
Não só de forma mental e racional, mas no meu coração!
A gratidão tomava conta de mim!
Do meu coração e alma!
Sentia gratidão!


Aí respirando longa e profundamente, naquele estado de meditação, comecei a identificar então pelo que sou (e me sinto) grato:
Sou grato a Deus!
Ao Deus do meu coração, ao Deus da minha compreensão, sou grato!



Sinto gratidão...
Por tudo que sei! E não sei!
Por tudo que vivi! E não vivi!
Por tudo que tenho! E não tenho!
Por tudo que experimentei! E não!
Pela música! E pelo silêncio!
Pelas pessoas que amei! E não amei!
Pelas pessoas que me amaram! E não me amaram!
Pelas pessoas que foram amigas! E as que não foram muito amigas! 
E as inimigas!
Pelas pessoas que ajudei! E as que não pude! Ou decidi não ajudar!
Por poder me expressar! E por poder calar!
Pela minha felicidade! E os momentos infelizes!
Pelos acertos! E erros!


Sou grato...
Pela luz! E pela sombra!
Por dar e receber! 
E por não receber também!
Pelos meus sentimentos e emoções!
Sejam os nobres e elevados ou os do ego!


Sou grato...
Pela raiva que senti!
Pela minha saúde! E por momentos que minha saúde não esteve plena!
Sou grato...
Pelos meus pais! E aos meus pais!
Pelos meus filhos! E aos meus filhos!
Por toda a família que conheço! E não conheço!
Gratidão pela família que escolhi!   
À família de sangue e a família espiritual que vamos reencontrando por aí!                                                                     
Gratidão a toda minha ancestralidade! E por ela!
Gratidão a todas as pessoas que encontrei na vida, que mantive ao menos um mínimo e breve contato!
E às que nem encontrei! Ainda...                     



Sou grato...
Pela alimentação, pelo teto, pela água, pelo ar... por todos os elementos! Por todos os átomos conhecidos. E pelos desconhecidos!
Pelos momentos de prazer! E os sem prazer!
Gratidão pelas dores!
Gratidão pela falta! E pelo excesso!



Grato sou aos Mestres Invisíveis e aos terrenos que me deparei, que tomei contato! Que conheci!
Gratidão aos livros! E  a quem os escreveu!
Gratidão a você que está lendo agora!  
Sinto gratidão pelas pessoas que leem o que eu posto, seja de minha autoria ou não!                                                            
E gratidão pelas que não leram!
Gratidão por todos os "sim" que recebi.
Mais gratidão ainda pelos "não" recebidos!                                   Gratidão por tudo que me machucou emocionalmente!             Gratidão por tudo que sofri! ]
E por tudo que celebrei, que comemorei! 
Por tudo que me alegrou!
Gratidão pelo café da amanhã de ontem! 
E pelo de hoje!
E pelo de amanhã! 
Ao almoço e a janta de ontem! E de hoje! E de amanhã!             Gratidão pela vida que irei viver amanhã!
Gratidão à psicanálise, psicologia, filosofia e à espiritualidade em todas as suas modalidades e vertentes!
Gratidão a mim!
Gratidão por viver nesse planeta, nesse Sistema solar! 
Gratidão a todos os Avatares que conheci!
Gratidão por tudo que me lembrei! E pelo que esqueci!
Gratidão! Gratidão! Gratidão!



Estou em estado de gratidão!
Gratidão por sentir gratidão!
Gratidão por saber e sentir o que é gratidão! 
E a ingratidão!
E sinto que quanto mais eu penso em motivos para ser grato... sinto mais e mais gratidão! 
E percebo e descubro mais e mais motivos!
Então, para resumir...sou grato pela minha existência!
E tudo que se conecta a ela!
Gratidão pelos encontros e reencontros!
E pelos desencontros!
Tanta coisa para ser grato! Tanta coisa...
Que agora me calo!
E somente sinto...vibro...emano...
Gratidão! Gratidão! Gratidão!
Por tudo!
E por nada!
E você? Pelo que é grato?
A quem é grato?
Sente gratidão?

                                                                                                                 - Mauricio "Veeresh Das" -


2 comentários:

  1. Mto lindo, adorei. Tbm me sinto assim, grata pelo sim, pelo não pela vida, pelos maus e principalmente os bons momentos.As experiências que nos fizerão sofrer e depois no tempo de Deus descobrimos que eram p nosso aperfeiçoamento
    Vc é especial

    ResponderExcluir